27 de mar de 2010

Café Colonial Bela Vista: uma nova e maravilhosa casa


Uma das mais tradicionais casas gastronômicas de Gramado inaugurou de forma solene sua nova sede nesta ultima sexta feira (26/03/2010). Presentes autoridades, empresários, amigos, fornecedores, responsáveis pelo projeto, colaboradores e imprensa prestigiando a família Caliari que tem trabalhado na expansão desta empresa desde 1972.


O casal Sra. Liria e Sr. Osmildo Caliari e seus filhos, foram parabenizados por representantes da cidade de Gramado, seguindo discursos do filho, Andre Caliari, do prefeito de Gramado, Sr. Nestor Tissot.


No discurso do André Caliari:

"O projeto é resultado da conversa com clientes, entre a família e com os colaboradores (que brincamos ser nossos familiares também) ... Queremos mostrar a força do trabalho, as origens do café colonial, o espaço reservado aos colonos ... a nova casa oferece 400 lugares em dois amplos ambientes , estacionamento, armazém colonial (onde os colonos da cidade tem um espaço para oferecer seus produtos), fornos à lenha, torre panorâmica, além da preocupação ambiental com moderna estrutura de coleta de e reaproveitamento de água da chuva ... "



André também homenageou os pais, familiares os amigos e clientes no discurso.



Nestor Tissot, prefeito de Gramado falou da relação do trabalho de todos e do exito de uma das casas gastronomicas mais tradicinais da cidade e também parabenizou a famíla.


O Café Colonial é o encontro do mundo rural e urbano através da oferta de produtos do meio rural ao consumidor da cidade, seja morador ou visitante. Quando as cidades ainda eram povoados e Gramado era referência de parada de tropeiros, já havia a tradição - dos imigrantes estabelecidos aqui - de reuniões familiares em torno de uma mesa farta. Esse hábito foi transformado em atividade gastronômica na década de 70 em Gramado e o primeiro Café Colonial foi o Bela Vista.



O pioneirismo do Bela Vista veio através da criação do Sr. Jayme Prawer, que o fundou em 1972, sendo vendido a dedicados colaboradores - a familia Caliari - em 1978 e logo ampliado para atender 200 pessoas. Inicialmente o Cafe oferecia 94 lugares. (1)



A alma do café esta relacionada ao trabalho da Sra Lira Caliari, que criou varias das receitas ainda hoje oferecidas aos clientes.



O amplo espaço é muito bacana, e na inauguração a disposição das mesas lembrava uma alegre festa de interior e com o estilo colonial. Esse é mais um legado europeu presente na cidade de Gramado e refinado nesta nova sede. Completamente lotado, registrei as imagens esperando o momento mais calmo ...



Em homenagem ao trabalho árduo dos colonos em moinhos, uma enorme roda d'água na frente do Café.



O espaço conta também com um armazém colonial onde podem ser comprados produtos de Gramado feitos pelos produtores locais.




O buffet gelado de sobremesas e a sensação de incapacidade de provar tantas coisas deliciosas.



Enfim, elogiar o Bela Vista é redundante. O lugar é maravilhoso e a nova sede é uma conquista da família. Uma curiosidade é que foi citado no livro "1000 lugares para conhecer antes de morrer", de Patricia Schultz (2). Recomendamos, mesmo, conhecer o lugar. E já temos planos para logo repetir a visita ...




referências
(1) Marília Daros.
Café Colonial - A Cultura ao Sabor do Turismo Gramadense. Livro Grãos. pag. 463.
(2)
Coleção Bela Vista, volume 1, publicação distribuida durante a inauguração do Café.

palavras-chave/keywords
Café Colonial Bela Vista
Gramado gastronomia

Café Colonial Bela Vista
Av. das Hortênsias, 3500
Gramado
(54)3286-1608
belavista@belavista.tur.br
www.belavista.tur.br

Nenhum comentário: